o que e inteligencia emocional

Inteligência emocional ou liderança emocional

É a capacidade de estar ciente, controlar e articular suas próprias emoções e as dos outros.

Lidar com relacionamentos interpessoais de maneira compassiva e sensata, discernir entre diferentes sentimentos e rotulá-los adequadamente.

Ou ajustar emoções para se adaptar aos ambientes ou alcançar o (s) objetivo (s)

Embora o termo Inteligência emocional tenha aparecido pela primeira vez no artigo “A comunicação do significado emocional” por um membro do Departamento de Professores de Psicologia da Universidade Columbia College Joel Robert Davitz e professor clínico de psicologia na psiquiatria Michael Beldoch  em 1964, ganhou popularidade em 1995 no livro “Inteligência Emocional”, escrito pelo autor e jornalista de ciência Daniel Goleman.

 

Como aplicar a inteligência emocional na vida cotidiana?

1. Você pensa em seus sentimentos.

A inteligência emocional começa com o que é chamado de consciência pessoal e social, a capacidade de reconhecer emoções e o impacto delas em você e nos outros.

Esse sentimento começa quando analizamos os seguintes pontos:

Quais são meus pontos fortes emocionais?
Quais são minhas fraquezas?
Como meu humor atual afeta meus pensamentos e tomada de decisão?
O que está acontecendo sob a superfície que influencia o que os outros dizem ou fazem?

 

2. Você faz uma pausa na vida.

A pausa é como tirar um momento pra parar e pensar antes de falar ou agir.
Isso pode ajudá-lo a evitar momentos embaraçosos ou a assumir compromissos muito rapidamente.

Em outras palavras, a pausa ajuda a evitar uma decisão permanente com base em uma emoção temporária.

 

3. Você se beneficia das críticas?

Ninguém gosta de ser avaliado de forma negativa .

Mas você sabe que a crítica é uma chance de aprender, mesmo que não seja apresentada da melhor maneira.

E mesmo quando é improcedente, fornece uma janela sobre como os outros pensam sobre nôs.
Ao receber uma critica negativa, você mantém suas emoções sob controle e se pergunta: como isso pode  melhorar a minha vida?

 

4. Você se esforça para controlar seus pensamentos.

Você não tem muito controle sobre a sua emoção que experimenta em um determinado momento?

Mas você pode controlar sua reação a essas emoções – concentrando-se em seus pensamentos.

Ilustraçao: você não pode impedir um pássaro de pousar em sua cabeça, mas pode impedir que ele construa um ninho

Ao se esforçar para controlar seus pensamentos, você resiste a se tornar um escravo de suas emoções, permitindo-se viver de uma maneira que esteja em harmonia com seus objetivos e valores.

 

5. Você demonstra empatia para com o proximo.

Ter a capacidade de mostrar empatia,  inclui a compreensão dos pensamentos e sentimentos dos outros e ajuda você a se conectar com a outra pessoa.

Em vez de julgar ou rotular os outros, comece a  trabalhar duro para ver as coisas positivas do ponto de vista deles.

Empatia não significa necessariamente concordar com o ponto de vista de outra pessoa.

Em vez disso, trata-se de se esforçar para entender – o que permite que você construa relacionamentos mais profundos e mais solidos.

 

6. Você elogia os outros!

Todos os humanos desejam reconhecimento e apreciação. Quando você elogia os outros, você satisfaz esse desejo e constrói confiança.

Tudo isso começa quando você se concentra no bem dos outros.

Elogiar habilidades dé outros, pode ajudá-lo a mudar seu modo de pensar e os inspira a serem a melhor versão de si mesmos.

 

7. Você fornece um feedback possitivo!

O feedback negativo tem um grande potencial de prejudicar os sentimentos de outras pessoas.

Sabendo isso, você reformula a crítica como feedback construtivo, para que o proximoa voçe o encare  como uma pessoa útil, e não prejudicial.

 

8. Você e perdoador e esquece a injúria.

Apegar-se ao ressentimento é como deixar uma faca dentro de uma ferida.

Enquanto a parte ofensiva (quem ofendeu) segue em frente com sua vida, você nunca se dá a chance de se curar.

Quando você perdoa e esquece, impede que outras pessoas mantenham suas emoções reféns – permitindo que você avance.

Exemplos de alta inteligência emocional

A inteligência emocional não é positiva nem negativa, mas pode facilitar comportamentos interpessoais para alcançar objetivos.

Autoconsciência – pessoas que são cientes do que sentem e por quê.

Aceitar a derrota – uma pessoa com alto nível de equalização certamente deixará de lado e aceitará a situação.

Agir em vez de reagir- Eles assumem responsabilidades por suas ações e geralmente são pessoas muito positivas e agradecidas.

Autocontrole – Eles são bons em gerenciar suas emoções antes que exploda como um vulcão.

Capacidade – de lidar com sarcasmo com humor.

Dicas
Inteligência emocional
Inteligência emocional: É a capacidade de estar ciente, controlar e articular suas próprias emoções e as dos outros. Lidar com relacionamentos interpessoais

Esse registro foi postado em Dicas e marcado .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *